Notícias

Voltar

CGEE celebra 15 anos de contribuições ao Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

Aviso de pauta

Uma instituição jovem, porém com trajetória madura. Assim pode ser definido o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). No dia 13 de setembro, a organização comemorará 15 anos de contribuições ao Sistema Nacional de CT&I, se consolidando como um dos principais think tanks da área.

Para celebrar esse marco, o CGEE reunirá parceiros de todo o Brasil – representantes de entidades públicas e privadas – para uma programação que relembrará alguns pontos da trajetória da instituição. Além disso, será apresentado como a organização pretende caminhar nos próximos anos para se fortalecer como um centro de inteligência em CT&I. A nova fase engloba o período até 2021 e se alinha ao próximo contrato de gestão com o MCTIC, já em construção.

Ao longo da sua história, o CGEE criou as condições necessárias para se tornar uma referência no País em temas como prospecção em CT&I; avaliação de programas e projetos no setor; planejamento; diagnóstico da inserção do Brasil na ciência, tecnologia e inovação global; mapeamento de recursos humanos e de competências nacionais no setor; e diagnóstico da capacidade na gestão da inovação nas empresas.

“No período mais recente, fizemos um esforço muito grande para incorporar as ferramentas mais avançadas que são utilizadas no campo da prospecção, da avaliação e da gestão estratégica, junto com parceiros internacionais, procurando sempre desenvolver soluções ou adaptá-las de acordo com a realidade do País”, afirma o presidente do Centro, Mariano Laplane.

As ferramentas de inteligência tecnológica lançadas recentemente pela instituição, Insight Data e Insight Net, estão entre os produtos que viabilizam ao Centro mapear as oportunidades e os desafios em ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento nacional. Elas podem ser aplicadas em qualquer área do conhecimento.

Para os próximos anos, a ideia é priorizar o desenvolvimento desse tipo de instrumento, que amplia a base de fontes a partir das quais é possível detectar sinais, antecipar e monitorar tendências, além de diminuir o tempo gasto para produzir a informação necessária a uma tomada de decisão mais rápida e  eficiente por parte dos gestores do setor.

“Esses produtos facilitam a gestão do processo do desenvolvimento de tecnologias e de inovação. Nós estamos desenvolvendo métodos e ferramentas avançados para fazer analítica de big data e utilizando técnicas de mineração de dados (data mining). São instrumentos que analisam grande volume de dados para extrair informações e gerar conhecimento útil para a tomada de decisão”, destaca Laplane.

 

Histórico

O CGEE foi criado em 2001, quando apoiou tecnicamente a implantação dos fundos setoriais. A instituição surgiu com o objetivo de modernizar o processo de formulação de políticas públicas de ciência, tecnologia e inovação. De lá para cá, a instituição se reinventou, acompanhando a própria evolução do SNCTI.

Hoje, o CGEE é considerado uma referência no campo da prospecção; do mapeamento de competências; da avaliação e do monitoramento de políticas e programas do setor; das tendências e dos estudos de futuro; e da identificação e avaliação de oportunidades tecnológicas.

“O Centro se consolidou como uma instituição ímpar na antecipação de alternativas e no auxílio à construção de caminhos para o desenvolvimento nacional que tenham como alicerce a ciência, tecnologia e inovação”, destaca Laplane.

Os seus 450 estudos englobam áreas como recursos humanos para ciência, tecnologia e inovação; desenvolvimento regional; energia; produção de alimentos; meio ambiente; indicadores de inovação; entre outros.

 

Serviço

Solenidade 15 anos CGEE

Data: 13 de setembro

De: 14h30 às 16h30

Local: Sede do CGEE – SCS Quadra 9, Torre C, 4º andar, Edifício Parque Cidade Corporate, Brasília (DF). 



Sem comentários ainda. Please sign in to comment.