Notícias

Voltar

CGEE propõe criação de centro tecnológico em celulose e papel

Publicação

Visando a aumentar a competitividade da indústria de papel e celulose no Brasil, o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) lança a publicação "Centro Tecnológico em Celulose e Papel: Proposta de criação". O livro foi encomendado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) com o objetivo de identificar oportunidades com potencial de desenvolvimento nacional.

Como plano para o fomento ao desenvolvimento tecnológico da cadeia produtiva da indústria do setor, o livro sugere a criação de um centro tecnológico (CT) de celulose e papel, tratado ao longo da publicação como centro de tecnologia nacional. O objetivo é apoiar o setor de celulose e papel brasileiro, disponibilizando as melhores técnicas para o desenvolvimento de processos e produtos de médio e alto potencial, favorecendo a transferência de conhecimento para o setor e a formação de especialistas com foco em biorrefinaria.

A proposta de implementação deste centro de tecnologia visa a atender à estratégia de nacionalização de tecnologia com base no desenvolvimento de novos produtos e processos que se beneficiem da base florestal brasileira. O estabelecimento do CT cria uma infraestrutura adequada para a realização de testes experimentais necessários ao desenvolvimento das tecnologias de biorrefinaria no Brasil para aproveitar as potencialidades nacionais.

Segundo a coordenadora do projeto, Ceres Cavalcanti, representantes do setor e a Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP) acompanharam e fizeram parte do estudo, mostrando o interesse da indústria na proposta. Foi criada uma comissão técnica, no âmbito da ABTCP, para acompanhar o projeto e seus desdobramentos.

O livro tem como objetivo descrever uma iniciativa de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) com foco nessas oportunidades. Os demais capítulos apresentam o setor e as suas tendências, destacando novas opções de negócios e estudos de casos, no âmbito do conceito de biorrefinaria. Além disso, conta com o detalhamento jurídico e a análise financeira referente à implementação deste centro.

A publicação é parte do Programa Demonstrativo para Inovação em Cadeia Produtiva Selecionada - Etapa II, demandando pelo MCTIC ao CGEE. O projeto tem como objetivo identificar oportunidades que possam aumentar a competitividade da indústria brasileira em setores estratégicos e indicar propostas concretas de desenvolvimento de novos produtos e processos e é continuidade do projeto anterior “Eficiência Energética: recomendações de ações de CT&I em segmentos da indústria selecionados – Celulose e Papel”.

A publicação pode ser acessada por meio do link.



Sem comentários ainda. Please sign in to comment.