Notícias

Voltar

CGEE sedia reunião para debater a bioeconomia no Brasil

Reunião

Elencar as principais oportunidades e barreiras ao desenvolvimento da bioeconomia brasileira é um dos objetivos do encontro que o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) realiza amanhã (15), em Brasília (DF), a pedido do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Os debates darão subsídio para criar uma conceituação do tema adequada à realidade brasileira e que venha a ser utilizada pela Coordenação-Geral de Bioeconomia (CGBE), idealizadora da iniciativa.

A ideia é trazer especialistas para construir o conceito de bioeconomia que norteará a elaboração de um Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação no tema. A iniciativa focará na delimitação de temas, linhas temáticas e iniciativas, observando-se aspectos como estratégias de implementação e parceiros envolvidos.

A reunião contará com apresentação do assessor técnico do CGEE, Antonio Oliveira, a respeito do mapeamento de competências em temas estratégicos do setor que será realizado por meio das ferramentas tecnológicas desenvolvidas pelo Centro. Além disso, o encontro recebe o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento (Seped) do MCTIC, Jaílson Bittencourt de Andrade, que fará apresentação do Grupo Técnico de Trabalho.

As discussões envolverão temas, linhas estratégicas e iniciativas em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) para a bioeconomia, oportunidades e barreiras ao desenvolvimento da bioeconomia brasileira e termos de busca. O cenário para as ações será o período 2017-2022 e elas deverão estar de acordo com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Mapeamento de competências

O CGEE realiza o projeto "Mapeamento de competência em temas estratégicos em bioeconomia", que visa a subsidiar tecnicamente a promoção da bioeconomia no Brasil por meio da realização de um amplo mapeamento da bioeconomia no País, assim como um diagnóstico do potencial de dinamização e aumento da competitividade em setores estratégicos selecionados. A ideia é mapear essas competências por meio de ferramentas tecnológicas desenvolvidas pelo CGEE.

O projeto será dividido em duas fases. A primeira identificará as áreas da bioeconomia que são estratégicas para o desenvolvimento econômico e social do Brasil e as suas conexões com a agenda dos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS). A segunda tem como objetivo mapear as competências individuais e institucionais no tema, por meio da análise de redes e a dinâmica de interação dos pesquisadores brasileiros que inclui: principais temas estudados, composição de grupos de pesquisa e formação de parcerias para desenvolvimento de PDI.



Sem comentários ainda. Please sign in to comment.