Notícias

Atores governamentais apresentam contribuições à elaboração da Política Nacional de Inovação

Representantes de diversos órgãos governamentais participaram de mais uma da série de oficinas realizadas para debater a proposta.

CGEE apresenta Observatório de Inovação para Cidades Sustentáveis em evento do Circuito Urbano da ONU

O encontro ocorre no Centro de Desenvolvimento Sustentável da UnB, nos dias 14 e 15 de outubro. Observatório foi apresentado no primeiro dia de discussões, assim como o Projeto CITinova, do MCTIC.

Observatório do MCTIC e do CGEE é pauta em painel no Centro de Desenvolvimento Sustentável da UnB

Universidade promove o evento com apoio do Ibict e da ONU-Habitat. O observatório é desenvolvido pelo CGEE no âmbito do Projeto CITinova.

CGEE participa de homenagem à professora Bertha Becker

Solenidade é realizada nesta quarta-feira (09), no Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília (CDS/UnB).

SNCT 2019: CGEE apresenta dois projetos em evento do MCTIC

Pesquisa Percepção Pública da C&T no Brasil 2019 e Projeto Ciências Humanas, Sociais, Sociais Aplicadas, Linguísticas, Letras e Artes são temas do stand do CGEE; exibição ocorre de 21 a 27 de outubro, em Brasília (DF).

Sudene realiza oficina sobre o PRDNE

Equipes da Autarquia e do CGEE debatem momento atual do plano, perspectivas, premissas, financiação e desafios.

Estados, municípios e FAPs oferecem contribuições à Política Nacional de Inovação

Evento ocorreu no Sebrae Lab, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (2). Esse foi o terceiro encontro com atores-chave na elaboração da política.

MCTIC e CGEE abrem série de oficinas para discutir a Política Nacional de Inovação

Evento inicial reuniu representantes de instituições, startups e empresas como Embraer, Fiat, Nubank e Portal de Compras Públicas.

Observatório de Inovação para Cidades Sustentáveis tem versão preliminar apresentada em encontro global

Apresentação ocorreu durante a programação do encontro global Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis, nessa quarta-feira (18).

Conteúdos mais visualizados Conteúdos mais visualizados

Voltar

Marco Regulatório de Ciência e Tecnologia é aprovado no Senado

SEMINÁRIO

Marco Regulatório de Ciência e Tecnologia é aprovado no Senado

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovaram, nesta semana, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 77/2015 em sessão conjunta. A proposta segue agora em regime de urgência para votação no Plenário e propõe ações de incentivo ao desenvolvimento científico e tecnológico no Brasil, assim como à pesquisa e inovação.

O presidente da CCT e relator do projeto na CAE, Cristovam Buarque (PDT/DF), participou de um debate no Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) para uma rodada de perguntas e respostas sobre a sua proposta para a construção de um Sistema Nacional de Conhecimento e Inovação. Desde 2012, o texto vem sendo debatido.

O encontro contou com a participação de colaboradores do CGEE e convidados. Na ocasião, o senador trouxe uma questão pertinente para a CT&I no Brasil: com a implementação do marco regulatório, o que é preciso mudar no País para alavancar a economia com uma indústria que se baseie no conhecimento? De acordo com ele, o desenvolvimento deve contar com uma economia baseada em alta tecnologia, conhecimento e ausência de violência.

O senador falou, ainda, sobre a Lei de Inovação (Lei nº 10.973/2004), que trata da capacitação e alcance da autonomia tecnológica e desenvolvimento industrial do País. "Temos que levar os jovens para dentro de empresas e entidades ligadas à inovação. A universidade deve ser ligada com a realidade na teoria e na prática", afirmou.

Ao ser questionado pelo assessor do Centro, Antonio Geraldo, sobre o que pode ser feito para melhorar a articulação entre ministérios, secretarias e instituições de C&T, Buarque disse que precisamos de estratégias para que o Brasil dê esse salto. Sugeriu ainda que o Centro, como instituição da área, pense em táticas para melhorar o contato entre esses órgãos.