Voltar

Oportunidades e Desafios da Bioeconomia (ODBio)

Ícone do projeto

Oportunidades e Desafios da Bioeconomia (ODBio)

Sobre o projeto 

Ao reconhecer a oportunidade de transitar para uma economia de baixo carbono aliada ao desenvolvimento sustentável, o Brasil contribuiu para a adoção do Acordo de Paris sobre o Clima e definiu metas nacionais para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 das Nações Unidas.

As estratégias nacionais devem naturalmente refletir os compromissos internacionais assumidos. Em se tratando de um país de dimensões continentais e com grande disponibilidade de recursos naturais renováveis, o Brasil tem alto potencial de alicerçar o seu desenvolvimento e a sua inserção estratégica no cenário global no incremento de uma bioeconomia moderna.

A ciência, tecnologia e inovação (CT&I) são elementos fundamentais para o desenvolvimento sustentável e para a transição para uma economia de baixo carbono. O país dispõe de um Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação em Bioeconomia e necessita traçar estratégias para a sua implementação.

Nesse sentido, o projeto Oportunidades e Desafios da Bioeconomia (ODBio), desenvolvido pelo CGEE em conjunto com a Coordenação Geral de Bioeconomia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), visa subsidiar estratégias para a implementação de políticas em CT&I, com base em projetos estruturantes orientados por missões, capazes de promover o desenvolvimento da bioeconomia nacional. A iniciativa compreende, ainda, a proposta de construção de um observatório em bioeconomia e o estabelecimento de uma instância de governança.

Objetivo

Apoiar a implementação de uma estratégia de CT&I para a bioeconomia brasileira no contexto internacional, com base em projetos estruturantes orientados por missões, apontando propostas de modelo de governança e a criação de um observatório em bioeconomia.

Metas 

  • Propor desenho de observatório em bioeconomia, focado na construção de um espaço neutro para debate e para orquestrar a criação, síntese e compartilhamento do conhecimento sobre a bioeconomia e o mercado bioeconômico;
  • Efetuar o mapeamento das capacidades nacionais em CT&I, assim como iniciativas, projetos e programas correlatos à bioeconomia;
  • Gerar subsídios para a formulação de programa mobilizador nacional, com base em projetos estruturantes orientados por missões;
  • Proporcionar a formulação de uma estratégia em CT&I para a bioeconomia brasileira no cenário internacional;
  • Gerar subsídios para a criação de uma instância de governança em bioeconomia no Brasil;
  • Elaborar projeto para a realização de uma conferência nacional em bioeconomia.

Resultados esperados


Realizações ODBio – Primeiro semestre 

 

 

Equipe ODBio

Supervisão

Regina Silvério

Coordenação

Marcelo Poppe 

Equipe Técnica CGEE 

Adriana Badaró
Barbara Bressan
Bianca Torreão
Carlson Oliveira
Carolina Rodrigues
Clarice Taylor
Cleyton Ferreira 
Daniella Fartes 
Eduardo Oliveira
Eduardo Moresi
Emilly Silva
Fabiola Pitta
Jackson Maia
Jean Campos
Paulo Medeiros

Equipe Técnica MCTI

Bruno Nunes 
Daniel Chang
Eliana Ramos
Gustavo Pottker

Consultores 

Arilson Favareto
Caetano Penna 
Carolina Ramalhete (Kairós)
Diana Jungmann (14Bisness)
Elisa Romano
Gabriela Lotta
Joaquim Machado (Mindwings & Leblon)
Ludmilla Viegas (Kairós)
Tatiana Espíndola (Essência)